Vereador Afonso solicita investimentos ao setor primário no município

por Clely Ferreira publicado 28/07/2020 17h25, última modificação 28/07/2020 18h27
Colaboradores: Clely Ferreira
Texto: Roberta Santos - Assessoria Parlamentar
O vereador Afonso Caburi (DEM) participou de forma remota da sessão ordinária da Câmara Municipal de Parintins nesta terça-feira, 28. Voltou seu pronunciamento para o setor primário do município.

O vereador Afonso Caburi (DEM) participou de forma remota da sessão ordinária da Câmara Municipal de Parintins nesta terça-feira, 28. Voltou seu pronunciamento para o setor primário do município.

Destacou o Programa de Criação de Peixes em Tanque Escavado e sua importância para o desenvolvimento da piscicultura no município. Lamentou que o programa tenha sido abandonado na administração anterior e solicitou, por meio de requerimento, a reativação do Centro de Alevinagem na Gleba de Vila Amazônia. “Pedimos que a Prefeitura Municipal chame para si a responsabilidade em fazer funcionar esse centro de alevinagem”, ressaltou o edil.

No ensejo, apresentou outro requerimento solicitando do Poder Executivo. No documento, solicita a disponibilização de estrutura técnica de pessoal e equipamentos necessários ao funcionamento da Unidade de Produção de Alevinos (UPA).

De igual teor, o parlamentar apresentou terceiro requerimento solicitando a inserção dos Distritos de Caburi e Mocambo no Programa Municipal de Criação de Peixes em Tanque Escavado. “São muitas as vantagens do tanque escavado sobre outros métodos de piscicultura e também em relação a outras criações e culturas, pois o custo é menor, operação é menos burocrática e com excelente margem de lucro para o produtor”, justificou.

Disse reconhecer a luta do Prefeito Bi Garcia e do Secretário de Pecuária e Abastecimento, Edy Albuquerque para conseguir parcerias para pôr em funcionamento o citado programa e afirmou que os Poderes Legislativo e Executivo são parceiros, para, juntos, concretizarem projetos em prol ao município. “Estamos somando forças para que o produtor rural, o homem do campo seja visto de forma digna e possa tirar o sustento de sua família com o suporte do município”, finalizou o edil.