Vereador Afonso discursa sobre obras da Estrada que interliga Caburi, Mocambo e Monte Sinai

por Clely Ferreira publicado 24/11/2020 21h50, última modificação 25/11/2020 09h29
Colaboradores: Clely Ferreira
Texto: Roberta Santos - Assessoria Parlamentar / Foto: Simone Brandão
“Denizal juntamente com os moradores, sonharam com essa estrada e ela foi projetada. Foi feita na base de picareta, machado e enxada, no esforço físico de moradores. O então prefeito Benedito Azêdo que ajudou esse povo e deu força para traçarem a estrada”, recordou.

“O povo nos elegeu em 2016 para um mandato de quatro anos. Viemos para cá com o propósito de lutar e defender o povo, de defender a zona rural e trabalhar em prol à municipalidade. E, assim o fizemos e assim estamos fazendo”. Desta forma, o vereador Afonso Caburi (DEM) iniciou seu discurso nessa terça-feira, 24, na tribuna do Plenário Raimundo Almada.

O parlamentar se pronunciou sobre as obras da Estrada que interliga a região do Distrito do Caburi, Mocambo e Monte Sinai, a qual já está finalizando o processo do estudo topográfico. “Denizal juntamente com os moradores, sonharam com essa estrada e ela foi projetada. Foi feita na base de picareta, machado e enxada, no esforço físico de moradores. O então prefeito Benedito Azêdo que ajudou esse povo e deu força para traçarem a estrada”, recordou.

Afonso destacou o esforço do Prefeito Bi Garcia juntamente com a Casa Legislativa que conseguiram o recurso de R$ 40.000.000,00 advindos de emenda do Senador Eduardo Braga (MDB) para executar a obra de pavimentação da estrada. “Fica a sensação de dever cumprido. Isto para mim é a luta e a conquista de um povo caburiense”, disse o vereador, destacando as obras de construção de portos no Mocambo, Caburi e Monte Sinai, o asfaltamento do sistema viário e a estrada vai tirar essas localidades do isolamento, principalmente no período da seca.

Afonso Caburi, emocionado, encerrou seu discurso agradecendo a população e reafirmando seu compromisso em continuar trabalhando pelo desenvolvimento da zona rural.