Setor Primário: Vereador Telo fala sobre lançamento do programa de revitalização da pecuária e demanda ações governamentais

por Clely Ferreira publicado 17/11/2020 17h55, última modificação 17/11/2020 20h56 Texto: Clely Ferreira - Assessoria de Imprensa / Foto: Simone Brandão
Telo listou outros programas do Governo do Estado, como Pró-Piscicultura, Pró-Semente, Pró-Mecanização e Pró-Calcário, porém, frisou dificuldades dos produtores no acesso a eles, como o licenciamento ambiental.

Nesta terça-feira (17/11), no Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), houve o lançamento do programa Governo do Estado do Amazonas para revitalização da pecuária. O assunto foi pauta do discurso do presidente da Câmara Municipal de Parintins, vereador Telo Pinto (PSDB).

“É um importante programa, que vem de encontro a tudo que nós temos levantado aqui nessa tribuna relacionado ao Setor Primário, que precisa e depende muito de ações governamentais. Chega a ser inadmissível Parintins ser abastecida, quase que na totalidade, com produtos agrícolas vindos de fora, com carne de boi que tem que ser comprado do Pará para ser abatido em Parintins. Na pecuária, já fomos o segundo maior rebanho bovino do Estado do Amazonas. Hoje, já amargamos a quarta, quinta ou sexta colocação”, pontuou.

Telo listou outros programas do Governo do Estado, como Pró-Piscicultura, Pró-Semente, Pró-Mecanização e Pró-Calcário, porém, frisou dificuldades dos produtores no acesso a eles, como o licenciamento ambiental. “Andando pela zona rural, conversando com os produtores, eles não acreditam mais nessas políticas públicas pela quantidade de documentação exigida e por toda uma burocracia que leva ao descrédito esses programas”, relatou.

O legislador destacou existência de patrulha agrícola no município para fazer escavação de tanques, ao passo que ressaltou que esse programa municipal precisa se aliar aos programas estaduais. Evidentemente, Telo sempre levanta a bandeira do Setor Primário.

Este é o primeiro mandato do parlamentar, que foi reeleito no pleito eleitoral deste ano. Ele agradeceu a todos das comunidades rurais que apostaram em nossa candidatura e contribuíram para sua reeleição. Nesse sentido, reforçou seu compromisso pela buscar o fortalecimento do Setor. “Precisa ser feito trabalho em conjunto, elaborar plano de ação, levar suportes técnico e mecânico. Desde o início desta legislatura e até a próxima iremos brigar. Brigar, sempre no bom sentido, para fazer com que esse importante setor cresça, floresça e que gere, acima de tudo, emprego e renda e melhor qualidade de vida para nossa população”, destacou.

“Precisamos de cursos voltados ao Setor Primário. Tem o curso de Zootecnia que funciona em Parintins, mas nós não temos a Engenharia Agronômica, que precisa funcionar no nosso município. Não temos a Medicina Veterinária, que precisa ter um curso aqui no nosso município. Isto também será bandeira de luta nossa nesta Casa para que esses cursos possam ser implementados na UEA e também na UFAM”, continuou.

Aos colegas de parlamento reeleitos e aos novos, pediu união para o tema.