Sessões Especiais à Imigração Japonesa e para Comendas de Mérito Cultural são propostas pelo Presidente da Câmara

por Clely Ferreira publicado 15/10/2019 12h19, última modificação 15/10/2019 12h19 Texto: Clely Ferreira - Assessoria de Imprensa da Câmara / Foto: Simone Brandão
O edil também contestou o discurso da vereadora oposicionista da Câmara de Vereadores, referente à questão do aumento de vagas de vereadores na Câmara. Telo falou sobre reunião entre os vereadores e estudo da Constituição e Regimento Interno, bem como de possíveis impactos.

A comunidade Nipo Brasileira radicada no município será homenageada na Câmara Municipal de Parintins pelos 90 anos da Imigração Japonesa na Amazônia Ocidental. A propositura foi requerida à Mesa Diretora da Casa pelo presidente do Parlamento Municipal, vereador Telo Pinto (PSDB), na sessão plenária desta segunda-feira (14/10).

O Requerimento obteve unânime aprovação e a solenidade foi marcada para o dia 14 de novembro deste ano. Na ocasião, a Nakauchi Toyosghige Celso, Luiza Okamura Kimura, Togushi Hisako, Tokuda Satochi e Almerinda Kimura Taketomi será feita menção nominal. Eles são descendentes de famílias que se estabeleceram nessa região.

O parlamentar apresentou mais dois Projetos de Decreto Legislativo para a Comenda do Mérito Cultural Jair Mendes. Desta vez, os nomes indicados foram de Frederico Paulo Daniel Rolim de Góes, o Fred Góes, e Veramilton Almeida (in memorian). Com eles, totalizam oito proposituras para reconhecer personalidades com relevantes serviços prestados à cultura parintinense.

Para a entrega da Medalha solicitou a realização de Sessão Especial, com dispensa de interstícios de prazo. As proposituras foram aprovadas por unanimidade. Em decorrência da programação alusiva ao aniversário de 167 anos de Parintins, a Sessão Especial para entrega das Comendas de Mérito Cultural Jair Mendes vai acontecer no Mercado Municipal Leopoldo Neves, às 16h, neste dia 15 de outubro.

O edil contestou o discurso da vereadora oposicionista da Câmara de Vereadores, referente à questão do aumento de vagas de vereadores na Câmara. Telo falou sobre reunião entre os vereadores e estudo da Constituição e Regimento Interno, bem como de possíveis impactos.

Para esclarecimento, afirmou que é número é constitucional e que a Casa comporta até 17 vereadores, em conformidade com o índice populacional. Sobre os repasses à Casa expôs que são 6% da receita corrente líquida do município e o aumento de vereadores não vai onerar o erário público. O que deve ocorrer é um reordenamento financeiro da Casa Legislativa.

Telo ainda elucidou sobre o Salta-Z, visto que a opositora postou em redes sociais sobre homenagens do programa. “Que homenagem que nada! Vamos parar de mentiras e praticar o espírito público de realizar, trabalhar para trazer investimentos para Parintins”, declarou.

Com isto, falou de viagem parlamentar a Brasília e finalizou com convite para 4ª Sessão Itinerante, que vai acontecer nesta sexta-feira (18/10), na comunidade Santo Antônio do Tracajá.