Sessão Itinerante da Câmara reúne Incra e instituições públicas com 13 comunidades em Santo Antônio do Tracajá

por Clely Ferreira publicado 19/10/2019 12h15, última modificação 21/10/2019 03h45 Texto: Gerlean Brasil / Foto(s): Renan Motta e Simone Brandão
Em defesa de melhorias nas estradas, escoamento da produção, educação, esporte, segurança, água, regularização fundiária e energia elétrica, entre outras áreas, 13 comunidades rurais atenderam ao convite do vereador Tião Teixeira (PTB), autor da propositura para a realização da Sessão Itinerante da Câmara Municipal de Parintins, em Santo Antônio do Tracajá. Todas as 10 comunidades do polo do Rio Tracajá e mais três adjacentes apresentaram reivindicações aos representantes de instituições públicas, no Ginásio Poliesportivo e Cultural Plagino Gimaque, na sexta-feira, 18 de outubro.

Em defesa de melhorias nas estradas, escoamento da produção, educação, esporte, segurança, água, regularização fundiária e energia elétrica, entre outras áreas, 13 comunidades rurais atenderam ao convite do vereador Tião Teixeira (PTB), autor da propositura para a realização da Sessão Itinerante da Câmara Municipal de Parintins, em Santo Antônio do Tracajá. Todas as 10 comunidades do polo do Rio Tracajá e mais três adjacentes apresentaram reivindicações aos representantes de instituições públicas, no Ginásio Poliesportivo e Cultural Plagino Gimaque, na sexta-feira, 18 de outubro.

Diversos apelos foram feitos pelas comunidades Toledo Pizza, Sagrado Coração de Jesus, São Benedito, Fluminense, Santo Antônio, Novo Oriente, Arizona, São Sebastião do Juruá, Colônia Soares, Renovo do Senhor, Badajós, Monte das Oliveiras e Maranhão. Os vereadores Telo Pinto (PSDB), Tião Teixeira, Afonso Caburi (PTB), Vanessa Gonçalves (PROS), Cabo Linhares (Patriota), Gelson Moraes (PSD) e Beto Farias (Podemos) firmaram o compromisso de lutar e trabalhar para darem respostas às solicitações das lideranças comunitárias entregues à Mesa Diretora do Poder Legislativo de Parintins.

A Sessão Itinerante da Câmara Municipal de Parintins, em Santo Antônio do Tracajá, no Projeto de Assentamento Gleba Vila Amazônia, teve a participação do prefeito em exercício, Tony Medeiros (PSD), do superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), João Jornada, da gerente da Amazonas Energia, Francilvane Rodrigues, do comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar, Tenente-Coronel Corrêa Júnior, delegado de Polícia Civil, Adilson Cunha, e do gerente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Adrianilson Góes.

O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Nelson Campos, a coordenadora do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Francy Lima, o coordenador de projetos da Coordenadoria Regional de Educação de Parintins (CREP), Roney Barros, representante do Comissariado da Infância e da Juventude, Chiara Farias, a supervisora do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Fabiana Campelo, a conselheira tutelar, Ronessa Souza, o coordenador do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), Sargento Gildo Assis, e coordenador de Defesa Civil, Samuel Reis, também ouviram as demandas das comunidades rurais.

Tião Teixeira se sentiu satisfeito pelo dever cumprido, pelos objetivos alcançados. “Tenho certeza que essa é uma das melhores sessões itinerantes pela presença maciça dos líderes comunitários, professores, do Incra, da Amazonas Energia, Polícia Militar, Polícia Civil, Cetam, Ipaam, Idam, entre outros órgãos. Conseguimos alcançar as nossas metas, porque ouvimos as demandas desse rio que são gigantes e aqui também existem ‘feridas não cicatrizadas’. Precisamos ter essa união com as comunidades para encaminharmos esses requerimentos ou indicações, por uma melhor qualidade de vida, para que possamos ajudar o homem do campo. Nós, como representantes do povo, fazemos a nossa parte”, destacou.

Como presidente da Câmara Municipal de Parintins, Telo Pinto ressaltou a alegria em poder executar, ao lado do vice-presidente Tião Teixeira, a sessão itinerante para o contato dos irmãos da zona rural com os órgãos competentes. “É um projeto que estava adormecido e, nós, decidimos com a Mesa Diretora, em comum acordo com todos os vereadores, voltar com as sessões itinerantes, partir deste ano. Começamos pela comunidade Bom Socorro do Zé Açú, fomos ao Caburi, ao Mocambo do Arari, e encerramos aqui em Santo Antônio do Tracajá. É uma oportunidade para as comunidades falarem com os vereadores, com o prefeito e com os órgãos envolvidos”, afirmou.        

O coordenador da comunidade Santo Antônio do Tracajá, professor Valter Menezes, considerou muito positivo o trabalho da Câmara Municipal de Parintins de ir ao encontro do povo. “Os vereadores vieram ouvir as necessidades. O mais importante é que as entidades presentes deram uma solução, um caminho a ser percorrido. Acredito que, assim, a população vai começar a entender qual a verdadeira função do vereador. Essa sessão marcou o ano de 2019 no Tracajá, porque as lideranças gritaram por aquilo que as comunidades precisam. Parabenizo todos os vereadores, em especial o presidente da Câmara, Telo Pinto, e o autor da propositura, Tião Teixeira”, reconheceu.

João Jornada elogiou a iniciativa de Tião Teixeira e declarou que Incra trabalha com parcerias em prol de benefícios aos assentados da Vila Amazônia. “É muito importante a nossa vinda aqui e de todos os órgãos. É relevante essa propositura do vereador em trazer a Câmara aqui para a comunidade e tratar dos problemas, olhando rosto e percebendo os anseios de cada um dos assentados. No caso do Incra, fizemos aqui uma espécie de prestação de contas do nosso trabalho, em um ano difícil, de ajustes. O Incra precisava reformular a casa e estamos com um presidente novo. Estamos à disposição da comunidade, da Prefeitura e da Câmara”, enfatizou.