Presidente da Câmara apresenta Carta-Ofício a encaminhar ao Governo do Estado e Governo Federal para recuperação e construção de muro de Arrimo em Parintins

por Clely Ferreira publicado 05/11/2019 15h55, última modificação 06/11/2019 23h57 Texto: Clely Ferreira - Assessoria de Imprensa da Câmara / Foto: Simone Brandão
“Estou propondo um abaixo-assinado. Irei encaminhar um ofício aqui da Câmara de Parintins com assinatura de todos os parlamentares. Vamos colocar em vários pontos da cidade para a população assinar e conseguir o máximo de assinaturas para que o governo do Estado e o governo Federal olhem para Parintins para se construir esse muro de arrimo”, frisou.

O presidente da Câmara, vereador Telo Pinto (PSDB), na sessão de segunda-feira (05/11), voltou a manifestar na tribuna a preocupação relacionada à questão do muro de arrimo. Pontuou que a última obra no local foi em 2006, quando o senador Eduardo Braga (MDB) era governador do Estado do Amazonas.

“Desde lá, não tivemos manutenção e foi se deteriorando com a força do Rio Amazonas, assoreou e derrubou boa parte. Cada vez se complica mais aquela região”, declarou.

Devido a assoreamento, desmoronaram alguns pontos. Telo enfatizou o risco de acidentes de maiores proporções, reforçou pedido de união em prol à causa e apresentou Carta-Ofício, em caráter de urgência urgentíssima, a ser enviada ao Governos do Estado, governador Wilson Lima (PSC), e governo Federal, Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

“Estou propondo um abaixo-assinado. Irei encaminhar um ofício aqui da Câmara de Parintins com assinatura de todos os parlamentares. Vamos colocar em vários pontos da cidade para a população assinar e conseguir o máximo de assinaturas para que o governo do Estado e o governo Federal olhem para Parintins para se construir esse muro de arrimo”, frisou.

Outro tema tratado pelo parlamentar diz respeito à Audiência Pública que ocorreu na noite de segunda-feira (04/11), promovida pelo Ibama, em parceria com empresas que irão fazer parte da instalação do linhão de Tucuruí até Parintins. No evento, o edil representou o Poder Legislativo Municipal.

“Temos que agradecer e enaltecer, acima de tudo, pelas explicações que nos foram colocadas. É um trabalho que não vai trazer somente energia de boa qualidade com menor custo para Parintins, mas, consequentemente, irá trazer benefício, vai trazer engrandecimento da nossa região. Porque com energia de qualidade no menor preço, temos condições de estabelecer até mesmo indústrias no nosso município, além de tirar do sufoco da falta de energia, principalmente na zona rural”, destacou.

“Pude ver toda a preocupação ambiental que rege esse processo de instalação e, se Deus quiser e nada de errado acontecer, até maio de 2022 estará sendo colocada em operação essa usina limpa, que é energia vinda da hidrelétrica aqui no município de Parintins”, concluiu.