Câmara aprova Projeto de Nêga Alencar para atendimento psicológico aos profissionais da linha de frente da Covid-19

por Clely Ferreira publicado 10/11/2020 11h55, última modificação 10/11/2020 17h59 Texto: Assessoria Parlamentar / Foto: Pedro Coelho
Nêga Alencar também apresentou algumas de suas principais conquistas, que viabilizaram diversos benefícios à população de Parintins

O plenário da Câmara Municipal de Parintins aprovou o Projeto de Lei que dispõe sobre o atendimento psicológico aos profissionais que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. A atuação da Nêga foi durante a sessão de terça-feira, 10 de novembro.

De acordo com a vereadora, são trabalhadores das áreas de saúde, assistência social, guardas municipais e profissionais da limpeza urbana, entre outros que estão todos os dias prestando serviço para a comunidade, principalmente no período da crise sanitária causada pela pandemia. Nêga Alencar relatou que são numerosos os relatos desses profissionais e é visível a exploração deles pela gestão municipal.

Por força do projeto, o atendimento deverá ocorrer por meio de videoconferência online e por meio de aplicativos de fácil execução, para ajudar a enfrentar o estresse causado pela pandemia.

“Não houve um benefício sequer para os profissionais, nem auxílio para a população, mesmo sabendo-se que Parintins recebeu milhões. São inúmeros os problemas da saúde, começando pelo psicológico abalado de todos que estão à frente do combate à pandemia”, argumentou Nêga Alencar.

 

Projetos aprovados

Nêga Alencar apresentou algumas de suas principais conquistas, que viabilizaram diversos benefícios à população de Parintins. Ela elencou que houve a realização de cursos por sua solicitação, sendo que os participantes concluíram com suas carteiras de trabalho expedidas. Citou que trouxe para o município 75 mil kits de testes de Dengue, Zika e Chikungunya, sendo 25 mil de cada.

A parlamentar ainda recordou quando, em julho deste ano, o Deputado Estadual Saullo Viana (PTB) atendeu indicação de sua autoria e destinou R$ 1,5 milhão para o combate à Covid-19 em Parintins. Dessa forma, a vereadora rebateu as acusações indevidas de que não fez nada para ajudar o povo parintinense.

“Parintins precisa de pessoas que realmente trabalhem com comprometimento pelo município”, enfatizou.

Na tribuna, a parlamentar também rechaçou os comentários do líder do governo municipal na Câmara, que de forma absurda, na sessão anterior, tentou desmerecer o seu trabalho e atuação como vereadora.

Com a proximidade das eleições municipais, Nêga enfatizou que é necessário reconhecer o trabalho que alcança bons resultados e que fica marcado.

“Muita coisa não foi feita. Vamos virar essa página cheia de processos e rabiscos, onde a população continua sofrendo. O voto consciente é o poder que temos para mudar nossa realidade”, concluiu.