Cabo Linhares demanda merenda escolar para escola da comunidade São Tomé do Mocambo e tem Projeto que homenageia Lígia Loyola aprovado

por Clely Ferreira publicado 17/09/2019 18h07, última modificação 17/09/2019 18h07
Colaboradores: Clely Ferreira
Texto: Assessoria Parlamentar / Foto: Simone Brandão
Na sessão ordinária desta terça-feira, 17 de setembro, o líder do prefeito na Câmara, vereador Cabo Linhares (Patriota), relatou ainda a informação que a Prefeitura Municipal de Parintins encaminhou na segunda-feira, 16, os materiais para a construção dos banheiros da escola e a casa do professor da comunidade Santa Rita do Boto.

Na sessão ordinária desta terça-feira, 17 de setembro, o líder do prefeito na Câmara, vereador Cabo Linhares (Patriota), relatou a informação que a Prefeitura Municipal de Parintins encaminhou na segunda-feira, 16, os materiais para a construção dos banheiros da escola e a casa do professor da comunidade Santa Rita do Boto. O parlamentar disse que esteve presente na comunidade, acompanhado dos vereadores Bertoldo Pontes (PSL) e Tião Teixeira (PTB) para verificar várias situações e ouvir as demandas dos moradores.

O vereador Cabo Linhares destacou a agenda do prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB). O chefe do Executivo esteve na Vila Amazônia, no sentido de acompanhar as obras que estão em andamento e, futuramente, serão entregues para dar mais qualidade de vida e bem-estar social aos comunitários.

O parlamentar apresentou um Requerimento no qual solicita da Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do secretário João Costa, que mande verificar a questão da merenda escolar dos alunos da escola da comunidade São Tomé do Mocambo do Arari. Em visita à comunidade, o vereador ouviu os pais de alunos e os relatos foram de que os alimentos não estão suprindo as necessidades dos alunos. Segunda as informações, a quantidade de alimentos é pouca, com isso, prejudica os estudantes que tanto precisam da merenda escolar.

Cabo Linhares, após ouvir o discurso do vereador Gelson Moraes (PSD), em que o mesmo relatou que as pessoas que trabalham na feira do mercado Mundico Barbosa foram notificadas, entrou em contato de imediato com secretário Municipal de Produção, Edy Albuquerque, para saber o porquê da notificação aos vendedores de pescado. A justificativa foi que os feirantes estão ocupando a calçada, o que tem prejudicado o transito na localidade. Linhares declarou que a Prefeitura Municipal de Parintins irá buscar uma solução e destacou a compra o prédio da COOPJUTA, onde será construída a nova feira para atender esses trabalhadores.

Linhares fez um pedido a todos vereadores aprovarem Projeto de Lei, de sua autoria, o qual homenageia o nome da Lígia Loyola para intitular a nova UBS fluvial do município de Parintins. "Nós sabemos quando ela, a Lígia, estava em vida, conseguia transporte para os parintinenses que precisavam se deslocar até a capital do estado. A Lígia foi uma guerreira em Manaus, a Lígia acompanhava os parintinenses que estavam nos leitos dos hospitais, precisando de assistência, precisando de apoio moral, um apoio financeiro e um apoio de um medicamento, a Lígia sempre estava lá de braços abertos para receber essas pessoas", destacou Linhares.

O projeto foi colocado em pauta e a aprovação foi unânime. O vereador informou que estará viajando neste final de semana para as comunidades do Panauarú e Aparecida para reunir com os comunitários, ouvir as reivindicações e verificar a realidade dos moradores.